Tribunal Permanente de Revisão

 

 

 Revista Jurídica       Visite o TPR       Convênios       Newsletter 

 

Facebook Tweeter YouTube YouTube LinkedIn

 

 

 

 

 

CMPED

 Centro Mercosul de
 Promoção do Estado de Direito

Biblioteca e Arquivo de documentos

 

     Arquivo Central

     Catálogo

     Teses y Disertações

     Boletins

     Declarações de Interesse

 

Biblioteca

 

Biblioteca especializada regulamentada pela Resolução do Grupo Mercado Comum GMC/RES Nº66/05 de 6 novembro de 2005.

A Biblioteca do TPR é especializada em Direito em geral, com ênfase em Direito Internacional, Regionalismo e MERCOSUL. Seu horário de atenção ao público é de segunda à sexta-feira, das 8:00 às 16:00 horas.

Missão: Oferecer apoio informativo a todos os setores do Tribunal Permanente de Revisão.

Visão: Ampliar nossos serviços e transformar seu espaço em serviço ao público especializado na área de Direito, e especialmente no Direito Internacional, Regionalismo e MERCOSUL.

Nosso acervo cultural se compõe de compras e doações: pessoais, de Bibliotecas, de Editorias, Coordenadorias Nacionais dos Estados partes do MERCOSUL, entre outras Organizações.

A Biblioteca se encontra consolidada em níveis de áreas para o seu funcionamento, contando com duas salas, uma equipada para a consulta em sala com acesso a Internet e para realizar trabalhos de pesquisa em áreas que interesse, e a outra com suas estantes correspondentes, que já contam com uma previsão de crescimento para albergar aproximadamente 10.000 volumes.

A Biblioteca do TPR foi declarada de interesse cultural pela Secretaria Nacional de Cultura do Paraguai, pela resolução 370/2018.

Regras da biblioteca

 

Arquivo de documentos

 

Conforme a normativa MERCOSUL/GMC EXT/RES.Nº66/05, de 6 novembro de 2005, entrou em vigor a criação do inventário geral de toda a documentação emanada e recebida de todas as Áreas da Secretaria do TPR desde o ano 2004 a dezembro de 2009, data na qual, segundo regulamentação interna, a documentação deve ser remitida ao Arquivo Central para o seu processamento, posto que toda documentação gerada no ano em curso permanece nos escritórios correspondentes.

Criou-se através da Rede interna o arquivo informático correspondente, de maneira a subministrar a informação para viabilizar consultas, já seja interna ou externa para todos os integrantes do Tribunal Permanente de Revisão.

Com a finalidade de adquirir-se uma maior rapidez e preservação do documento, foi iniciada a sua digitalização. Todo tratamento documental se realiza tendo levando-se em conta os princípios básicos de Segurança da Informação: em quanto a sua Integridade, Disponibilidade e Confidencialidade.